Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2009

Evento que será um marco na história da mídia digital out-of-home no Brasil

Quem visitou o site da ABDOHhoje deve ter notado um popup sobre o evento abaixo. A ABDOH traz ao Brasil um dos principais especialistas internacionais no que tange redes de mídia digital out-of-home com comercialização de mídia. Seu objetivo é palestrar para o mercado comprador de mídia e transmitir a credibilidade desse meio, que é o que mais cresce hoje no mundo (mesmo ainda tendo uma reduzida fatia do bolo publicitário).

O palestrante é BrianDusho, membro da OVAB nos EUA e Europa e presidente da BroadSignInternational. Foi o responsável por trazer para dentro da BroadSign nada menos que os contratos da AccentHealth e NeoAdvertising - 2 operações que constam entre as Top 5 no mundo nesse segmento, em relação a seu sucesso com a comercialização de espaços publicitários. A Accent comercializa mídia em mais de 12 mil salas de espera e a Neo em cerca de 150 mil telas instaladas em 12 países em diversos segmentos (shoppings, supermercados, bancos, etc..).

A iniciativa da ABDOH reúne pela p…

LevelVision oferece toda a grade para um único anunciante

A Levelvision trabalha com um conceito bastante único de Digital Signage, um videowall (2x2) para ser instalado no chão e utilizado em pontos de espera. Anunciou recentemente para anunciantes a oportunidade ter ter exclusividade em toda a sua rede por um período.

A LevelVision começou focando em livrarias de universidades (totalmente segmentado) e mais recentemente começou a experimentar em outros mercados como boites e lojas de conveniência.

Admito que quando conheci a LevelVision fui cético quanto ao modelo das telas no chão, no entanto, são hoje um dos principais cases de sucesso do mercado internacional, com uma rede de "apenas" 400 localidades.

A notícia recente é que estão oferecendo, segundo estimativas da Arbitron, por mais de USD$750.000 a oportunidade de anunciar com exclusividade em suas 315 livrarias, impactando 15 milhões de pessoas (em 234 cidades em 44 estados norte americanos).

O Media Kit padrão está disponível no website.

Será muito interessante acompanhar o suc…

JC Decaux em ação em pontos de ônibus na Suécia

Seguindo a linha de meu último post sobre vitrinesinterativas, um recente projeto da JCDecaux também entrega interatividade em espaços públicos.

O que gostei do projeto é sua real utilidade e portanto relevância para os passageiros. Ao esperar por um ônibus, é possível digitar a rota e o destino e obter informações em tempo-real, uma vez que os pontos são conectados com 3G.

Por ser uma das maiores empresas de outofhome do mundo e oferecer informação relevante, espera-se grande sucesso na veiculação publicitária também.

O projeto foi desenvolvido pela empresa especializada em interatividadeubiqwindowconjuntamente com seu distribuidor a TouchMe.


TouchMeinteractiveabribusatBrunsparkenfromTouchMeonVimeo.

Mediapost anuncia vencedores de seu concurso de DOOH

Mesmo ficando na torcida pela Elemidia, ela acabou não levando na final. Não há demérito nenhum com a segunda colocação na categoria, especialmente tendo em vista os fortes concorrentes, agências internacionais especializadas em desenvolvimento de conteúdo para o meio (enquanto a Elemidia faz o conteúdo, vende inserções publicitárias, expande, monitora e gerencia a rede e ainda faz seu próprio software, ufaa..).

Os vencedores nas diversas categorias podem ser vistos diretamente no site do Mediapost, foram anunciados no dia 22 de abril de 2009.

O grande vencedor da noite foi um projeto de exibição em vitrines, realizado em New York. A Inwindowoutdoor busca por lojas vazias e as aluga por um curto período para campanhas de mídia digital out-of-home. Utilizando um sistema de retro-projeção sobre uma tela especial para vidro (como a Vikuiti da 3M e outras disponíveis no mercado internacional), aliaram também sensores de presença, câmeras de reconhecimento facial e tecnologias de realidade v…

Neo Advertising avança para o mercado dos Estados Unidos

O grupo suíço da NeoAdvertising é responsável pela que é considerada uma das operações de comercialização de mídia digital OOH de maior sucesso no mundo e provavelmente a maior da Europa. Dois anos atrás iniciaram na América do Norte através do Canada. Com o completo sucesso da operação, predominantemente em shoppingcenters, ampliaram sua estrutura para abranger também os Estados Unidos.

Segundo Benjamin Mathieu, que liderou a empresa no Canada e assume agora a presidência da operação norte-americana diz que "O mercado dos Estados Unidos estava em nossa mira desde o início. Precisávamos de tempo para testar em campo os diversos modelos de negócios e estabelecer uma presença de credibilidade no Canada. Dedicamos tempo considerável em nossa análise das melhores oportunidades ao sul da fronteira. Agora estamos confiantes que podemos importar o sucesso da Neo para os Estados Unidos. Estrategicamente também é um bom momento para essa movimentação, uma vez que o custo de entrada em cert…

Philips corta uma dimensão (mercado 3D)

Ao longo do ano passado muitos de nós pudemos acompanhar e até participar das iniciativas da Philips com 3D no Brasil. A criativa equipe local conseguiu utilizar o bom "jeitinho brasileiro" e driblar várias adversidades relacionadas ao alto custo do equipamento e produção. Diversas das principais empresas de digital signage do mercado brasileiro firmaram parcerias com a Philips e chegaram a instalar alguns projetos, oferecendo indicação de que os resultados seriam demorados, mas que o mercado acredita nessa tecnologia.

Li recentemente que a Philips decidiu abandonar sua iniciativa 3D e inclusive vai dar os plugins (antes cobrados) necessários para a produção, a fim de não perpetuarem custos com suporte ao produto.

Pessoalmente acredito que o mercado 3D ainda está bastante distante de sua maturidade. No Digital Signage Expo em Las Vegas no final de fevereiro, os principais fabricantes apresentavam modelos 3D. Sua expectativa é que em algum momento estejamos assistindo o futebol…

Redes em clínicas param de competir e começam a cooperar

Espero que o tema de cooperação vs competição se torne cada vez mais frequente por aqui. Três operadores de mídia digital OOH canadenses se uniram para formar a "CanadianHealth Media Network".

A PHSN, Cruise Media e a relativamente novataMedik-TV somadas entregam uma audiência de 3 milhões de pessoas em salas de espera.

O objetivo da aliança, segundo EdVoltan da PHSN, é facilitar o processo de compra dos anunciantes da área de saúde e wellness, oferecendo uma maior massa crítica (quase 10% da população adulta canadense) e um ponto único de contato.

No caso canadense, a competição com várias empresas vendendo essencialmente o mesmo "target" acabou forçando os preços para baixo ao mesmo tempo em que gerou confusão entre os compradores pelos variados "mídiakits", propostas e formatos de relatórios deixados pelos vários vendedores de mídia dessas empresas. Agora os vendedores buscam um interesse comum, a comunicação é mais clara e a expansão da rede será o melh…

Reserve campanhas de mobile marketing e mídia digital OOH em um só local

Um dos temas recentes mais "quentes" em minhas discussões tem sido a questão dos agregadores de mídia. A integração com mobile marketing foi tema de um post antigo e que também voltou a aparecer nesses debates. Eis que a Adcentricity, um dos principais agregadores de mídia voltada para o mercado digital OOH, anunciou que estará disponibilizando em seu portal a possibilidade de reservar campanhas integrando esses dois meios.

Agregadores de mídia oferecem um serviço para as redes mas principalmente para o mercado comprador de mídia. Sofrem com a falta de padronização atual do segmento, pequena massa crítica e ter que lidar com diversos contratos com operações tipicamente menores do que 100 localidades (excetuando provavelmente as 10 maiores redes do Brasil..). Através de um portal web, software ou um vendedor, o comprador de mídia seleciona o perfil do público que quer atingir e o agregador se encarrega de distribuir os pedidos e padronizar os procedimentos como um ponto único…

Elemidia é finalista de concurso de conteúdo internacional

Recentemente anunciaram os finalistas do concurso de conteúdo do MediaPost. Foi uma grata surpresa ver um nome brasileiro. A Elemidia segue dando exemplo de ousadia e pioneirismo, características que a colocaram na sua posição atual de liderança e visibilidade.

Ao examinar a lista reconheci algumas das grandes agências internacionais. Mais do que isso, encontrei algumas das melhores agências internacionais especializadas na produção de conteúdo para a mídia-digital out-of-home. Entre elas destaco a R/GA e MoxieInteractive. (Em 2007 fui palestrante em uma conferência onde estavam também a R/GA e suas peças de conteúdo, além de lindas graficamente - seguiam um princípio muito básico: O que é importante do conteúdo está preferencialmente em texto (ou uma logo) e fica na tela o maior tempo possível estático dentro do anúncio.)

O melhor dessa notícia é que o Brasil está aparecendo mais no radar internacional. Há muitas oportunidades para operadores estrangeiros virem ao Brasil - a própria El…

Screen Media Expo Europe / Londres

O Screen Media Expo começa amanhã em Londres. Juntamente com o Digital SignageExpo em Las Vegas formam os dois mais influentes eventos do mercado de mídia digital OOH da atualidade.

Pretendo fazer um resumo dos principais pontos da feira para o blog - mesmo não estando lá presencialmente, a empresa onde trabalho é a principal patrocinadora do evento.

Para os que estão em Londres, há alguns projetos que valem a pena serem visitados. Entre eles:

- Heathrow: Nada melhor que o próprio aeroporto. No terminal 5 as instalações da JCDecaux são bem trabalhadas assim como os LEDs da Nokia. No trem para o terminal vale a pena ver o trabalho bastante único da canadense Sidetrack.

- Escada Rolante pela CBSOutdoor: Sem dúvida um dos projetos mais inovadores e chamativos da atualidade, já recebendo diversas cópias ao redor do mundo. Está instalado nas seguintes estações: Paddington, Baker Street, Euston, BondStreet, TottenhamCourtRoad, Bank, CharingCross, Embankment, Waterloo, Knightsbridge, Green Park …

Os mini-PCs que vão simplificar as instalações de mídia digital OOH

Citei mini-PCsrecentemente, com a percepção que seus preços ainda não estão totalmente atrativos a fim de impactar significativamente no aumento da adoção aos sistemas de mídia digital ooh. No entanto, há diversos movimentos indicando que podemos não estar assim tão distantes e que até o final de 2009 já estaremos nessa realidade.

O lançamento do Intel Atom trouxe uma arquitetura com as seguintes importantes características para nossos projetos:

- desempenho para execução de vídeos com qualidade de DVD ou até 720p (com restrições de codecs)
- baixo consumo de energia e geração de calor
- compatível com placas no padrão mini-itx (17x17cm)
- o armazenamento de dados pode ser feito tanto em HardDisk como em memória flash ou SD.
- baixo custo (estão quase lá..)

Traduzindo:

É possível utilizar essa plataforma para a maioria das aplicações, desde acoplar atrás de uma tela devido a seu tamanho reduzido, até um equipamento para mídia embarcada como ônibus e trens.

A pouca geração de calor elimina peça…

Gadget pode acelerar mudança no PDV

Espero ter enfatizado suficientemente em posts anteriores que um significativo aspecto do mercado de Digital Signage é justamente o de melhorar a experiência do cliente e trazer relevância no local e momento certo.

O pequeno gadget abaixo, que vejo pode facilmente estar instalado em um aparelho celular em um futuro próximo, lê o código de barras de um produto e com um GPS acoplado, informa as melhores ofertas daquele produto online ou nas lojas mais próximas.

Não consegui encontrar uma lista com os nomes dos grandes varejistas associados ao projeto, no entanto, o serviço é oferecido pela Krillion.

A tendência aqui é clara - para alguém se deslocar até o seu PDV, é melhor você ter algo a oferecer além de vendedores agressivos.

Cada vez mais o PDV se torna o ponto de contato do cliente com a marca e seus valores.

Acredito que veremos a partir de 2009 uma maior aposta do varejo em formas mais eficientes de comunicação e fidelização no PDV.